Saturday, August 18, 2007

:: Old School Gamer ::

Sim, ladies and gents, eu sou da "velha garda", veterano da jogatina, do tempo que os jogadores de video game eram meio "cowboys".

Hoje estava no banho e... enquanto no banho o cara não tem mais nada pra fazer além de se lavar e depois anos fazendo isso já fica automático... então o "célebro" fica patinando por aí... me dei conta de certas coisas relativas aos jogos eletrônicos de hoje em dia: os jogos de hoje são feitos para jogadores menos dotados de valentia, desbravamento... ou cérebro mesmo.

Sério! Quem é da mesma geração da jogatina que eu vai compreender o que estou dizendo. Caralho, no meu tempo de guri/adolescente a gente tinha que se quebrar pra descobrir como fazer as coisas nos jogos; como realizar um golpe; como vencer um chefe de fase; quebrar a cabeça pra lembrar "onde esta imundice de objeto que eu achei quase no final do jogo deve ser usada?"; lembrar onde ir para fazer isso ou aquilo.

Hoje em dia é tudo muito barbada. O que me fez lembrar desse assunto foi o próprio Resident Evil 4. Putz, pra tudo o bagulho te dá dica na tela de qual botão pressionar. Em certos cenários, onde tu tem que atirar em algum ponto específico... a câmera chega a se ajustar de modo que se tenha certeza que tu VAI VER ONDE TEM QUE ATIRAR. Poha!

Outro exemplo é o tal God of War. Sim, belo jogo. Mas ele diz que movimentos fazer, como fazer... putz.

Ainda lembro como a galera era reverenciada em um fliperama porque sabia fazer o Hadouken do Ryu/Ken, ou sabia dar o "pilão rotativo" (como chamavam aqui em SM) do Zangief, etc. A fissura que era o cara descobrir uma estratégia pra passar um chefe de fase... Lembro de ter ligado pro meu primo (que mora aqui do lado) pra dizer que tinha conseguido passar duma fase X no Ninja Gaiden (Nintendo). Isso não deve existir mais, pelo que tenho visto.

Os jogos de hoje são mais bonitos, mais complexos (em termos de cenário e movimentação), mas são BEM mais fáceis que o de antigamente. Bom, pelo menos essa é minha opinião.

Pensa diferente de mim? Então lança um comentário aí e vamos à discussão :)

Abraço!

P.S. -> Estou saindo na corrida porque tenho um aniversário pra ir agora. Putz, que chato né ;P

6 comments:

Iuri Fiedoruk said...

Cara, God of War não tem NADA a ver com Street Fighter II para ficar decorando comandos.
A inspiração do sitema dele é Dragon's Lair de fliperama.

O mais próximo seria Final Fight, mas GOW é muito superior, e Final Fight não tinha muitos comandos para decorar, olha a quantidade de coisas no god.. sem condições de saber tudo :)

Kenjiro said...

Claro queo GOW é bem diferente de SF2, só pelo fato de serem dois estilos diferentes... já não dá pra comparar.

A questão não é comparar um jogo com o outro, mas sim as facilidades que os jogos de hoje apresentam para os jogadores. Compara com qualquer jogo "de antigamente". O cara tinha que descobrir qual botão fazia o que, que horas fazer, etc. Hoje não, o jogo te diz o que fazer e como fazer. GOW não é o único exemplo. Dos que joguei, a maioria faz isso.

Iuri Fiedoruk said...

Não é bem assin Kenjiro.
Sim, os jogos de antigamente eram mais difícil, mas não, NUNCA o cara teve que adivinhar botões.
Tu nunca leu o manual de Street 2 ou de Mario 3? :)

Iuri Fiedoruk said...

Ah sim, esqueci de completar:
a diferença é que por ter mais capacidade os consoles modernos podem apresentar comandos in-game, mas isso não é novidade.
Pega um emuladorzinho e roda Fantastic Adventures of Dizzy para ver (deixa o boneco parado).

Kenjiro said...

Não, na época a gente não lia os manuais...porque na GRANDE MAIORIA das vezes... o cara LOCAVA os games, então não vinha manual.

E quando o Street chegou nas locadoras, por exemplo, a gente já tava careca de saber os golpes por ter ADIVINHADO/DESCOBERTO jogando no fliperama ;)

Mas por exemplo... o King of Fighter (se não me falha a memória) era um que tinha golpe ultra foda secreto. Até rolou um concurso, patrocinado pela SNK. Quem descobrisse o tal golpe ganhava não sei lá o que (na época o premio era bom).

Mas mesmo no caso do Mario, como tu disseste... tu viste em algum manual o que tinha que fazer para vencer algum chefe de fase? Duvido muito. A galera descobria por conta (ou então a marrecada comprava revista sobre VG pra "descobrir" os truques). Hoje não, o jogo te diz o que fazer em muitos casos.

Iuri Fiedoruk said...

Mas isso de descobrir como matar os chefes é assim até hoje mala :)
E art of fighting e seu concurso de golpe secreto foi uma exeção, a maioria tinha todos os golpes no manual, claro q nós manés nem chegávamos perto de manual naquela época. Agora tem internet e PDF por aí fica mais fácil, hehehehe