Friday, May 11, 2007

:: Pure crap or something else? ::

OK, I am back. Depois de mais um período de desaparecimento... vejamos se trago algo novo.

hehehehe ontem minha esposa estava dando uma olhada rápida aqui no site e disse "ah, ninguém deixa comentários no teu site". E eu disse "e daí?". Ou seja, meu site não é feito única e exclusivamente visando ter comentários ou não. Eu simplesmente escrevo o que tenho vontade (afinal o site é meu). Se ninguém comenta poha nenhuma... "tudo bem" (com a voz da guria da propaganda da Ford). Se alguém comenta, ÓTEMO! Não vai ser todo post que vai desencadear um comentário né.

Até porque vai ver muito pouca gente vem aqui ler ahahahaha

Pelo menos eu sei que o Lorn leu sobre os livros que eu comprei e estou lendo. Sei disso não via comentário, mas sim via IRC. Alguns comentários/discussões surgem entre eu e o bart via MSN/ICQ/GTalk e por aí vai.

Anyway, agora é hora de comentar sobre outra coisa. Vieram parar em minhas mãos dois PCs da CCE (Conserta, Conserta, Estraga). Já fiquei um tanto faceiro ao ver que tais criaturas vieram com Linux instalado. Hmmmm liguei os PCs... Linux Insigne... não lembrava de ter ouvido falar bem/mal de tal distribuição. Mas então mexendo e fuçando cheguei aos seguintes problemas, a meu ver:

  1. A tal distribuição já entra direto no ambiente gráfico como root, SEM PEDIR SENHA. Isso, a meu ver, já é um belo problema, pois o usuário inexperiente ou novato não sabe dos perigos de se usar o Linux como root o tempo todo... e pode fazer merda (leia-se detonar o sistema). Além disso... o cara vai "passear na Internet" estando como root...;
  2. Criei um usuário comum para melhorar a situação acima, porém com esse usuário não dava pra entrar no ambiente gráfico. Depois de uma breve fuçada descobri que o diretório "/tmp" não dava direito de gravação para o resto do mundo, apenas pro root (ridículo). Depois de acertar isso com um belo 'chmod 777 /tmp' o usuário comum pôde entrar no X tranquilamente;
  3. Outra coisa tosca é que dentro do HOME do usuário comum existia um diretório chamado "Meus Documentos" (ai que dor nas bolas), que na verdade era um SymLink para "/home/Meus Documentos". Isso me faz pensar... se eu criasse um outro usuário... o SymLink dele apontaria pro mesmo lugar? Seria aquela zona descomunal? Bad, very bad!;
  4. Resolvi dar uma checada nos serviços sendo executados.. e em uma delas me deparei com o sendmail rodando. What the fuck!?! Pra que rodar Sendmail numa estação de trabalho comum? Fora que estava rodando portmap, pcmcia (numa máquina que não tem nada pcmcia), etc. Então cortei as porcarias que não precisava... e MAGICAMENTE o boot ficou até mais rápido ;)
É brincadeira hein! Bom, ficam aí as "dicas" pra quem está enfrentando um Insigne Linux 4.0. Torço profundamente para que o 5.0 seja melhor acertado.

Abraço

4 comments:

Rosamaria said...

Claro que não entendi bulhufas do que está escrito no teu texto.

Diz pra tua esposa que veio ALGUÉM comentar aqui e deixou um bjão pra ela.

Bjão.

Lorn said...

E ae Kenjiro, vou comentar por aqui então pra aumentar seu Ibope com sua esposa :P
Ah, eu tenho um site veio também, também faz teeeempo que eu não atualizo quando der dá uma passado por lá :)
Esse Insigne Linux é de POA, quando eu fui pros fisl *todos* os relogios do aeropoto estava com propaganda desse Linux, fiquei até feliz mas, não sabia que ele era tão tosco assim :P
Falow

ManiacKorn said...

Feliz aniversário ae rapaz :) !

Terrorizer said...

CCE=Comecei Comprando Errado,hahahaha.