Saturday, November 14, 2015

:: Como treinar fighting games? ::

O post de hoje é uma ideia que tive há bastante tempo, mas que fui adiando, adiando... É uma contribuição para os jogadores de Fighting Games, principalmente para os iniciantes, mas também deve servir pra gente que já tem um nível um pouco mais avançado (intermediário?), mas que tem dúvidas sobre como treinar para melhorar em Fighting Games.

"Mas como assim? Logo tu querendo dar dicas de treinamento? Pô, a gente só vê tu apanhando nos teus videos e em torneios!"

Sabe aquele lance de "Faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço?" Pois é, mais ou menos por aí. Zueras à parte, eu acredito que as dicas que vou relatar abaixo funcionam sim. O problema da minha performance como jogador é que eu deveria botar mais em prática essas dicas.

Mas, por via das dúvidas, antes de eu postar isto hoje, todo o texto abaixo foi enviado para um dos TOP PLAYERS da FGC-BR. Pedi a ele pra ler e me dizer se algo que eu escrevi era bobagem ou não tinha fundamento. A resposta dele foi "Cara, eu achei bem bom. Os estágios iniciais são exatamente desse jeito. A parte de explicar que execução não é nada sem a abertura, é importante"

Não vou citar o nome do "revisor", que é pra não virem dizer que o estou usando para promover o meu texto. Mas se facilitar ele mesmo vai se acusar ahahaha.

Tá! Chega de trololó e vamos ao que interessa!

Como treinar fighting games?

Pra começo de conversa, o objetivo aqui não é escrever um "guia completo" de como alguém deve treinar para ficar "bom" em fighting games. Seria até presunçoso demais da minha parte. A proposta é apenas deixar algumas sugestões de como treinar.

Ah sim, os exemplos que vou dar serão baseados na série Street Fighter 4, mas a grosso modo devem ser aplicáveis a qualquer jogo de luta.

1- Execução


Aqui não existe segredo mágico. É treinar, treinar e treinar. Como? Onde? Jovem, vá para o Training Mode e treine a execução dos golpes. Desde um simples "hadouken" até combos mais complexos.

"Quanto devo treinar?"

Não creio que haja um tempo ou número mágico de tentativas. A meu ver, quanto mais melhor. Mas que tal começar com algo como 15 execuções de cada lado, sem erro? Então pegando o exemplo do hadouken, fique no "lado do player 1" e execute os movimentos do hadouken até conseguir mandar 15 hadoukens, um logo após o outro, sem errar nenhuma vez. Errou algum no meio do caminho? Zere a contagem e comece de novo. Depois faça o mesmo para o "lado do player 2". E o mesmo deve valer para combos mais "ninjescos".

"Beleza, já estou conseguindo fazer um combo mega difícil do meu personagem, 30x seguidas! Estou pronto né?"

Calma, vamos à próxima parte do texto.

2-Punição

O que é punição? Damos esse nome ao ato de punir um erro do adversário. Exemplo bem simples: o adversário deu um shoryuken bem perto de ti, porém "subiu sozinho", ou seja, não te acertou. Agarrar o adversário ou dar uma rasteira nele vai causar dano? Claro, mas é uma punição muito pequena. O ideal é aproveitar essa "janela de oportunidade" e fazer o máximo de dano possível. Esse é um dos momentos para encaixar aquele "combo mágico que tu executas 30x sem errar". Sacou?

Claro, às vezes não estamos numa distância favorável para executar a punição máxima. Nesses casos é aceitável punir apenas com uma rasteira.

"Como faço pra treinar punição?"

O negócio é detectar o que é punível e o que não é. Para isso, vá para o Training Mode, selecione o seu personagem e o personagem contra quem tu tens dificuldade de executar boas punições. Faça o adversário (usualmente chamado de dummy) executar os movimentos que tu tens dificuldade em punir (no USF4 é só selecionar a opção RECORD, fazer os movimentos e depois selecionar PLAYBACK). Se o dummy está executando certinho o que tu gravaste, então agora é hora de defender/bloquear esses ataques e ver se consegue punir, quando punir e como punir.

Para algumas pessoas, simplesmente ler a frame data dos dois personagens já é o suficiente para identificar o que é punível e com o que dá pra punir. Se tu tens intimidade com frame data, pode ter certeza que isso vai encurtar o tempo gasto nas descobertas. Infelizmente este texto não visa ensinar como ler/intrepretar frame data.

"Porrã! Já estou fazendo o combão ninja 30x pra cada lado, já sei o que, quando e como punir alguns golpes. Então agora eu tô fodão né?"

Calma, jovem gafanhoto, tem mais umas coisinhas por vir ;)

3- Reação

Punir algo que JÁ SABEMOS QUE VAI ACONTECER é bem fácil né (vide os treinos da sessão anterior). Mas e quando a oportunidade de punição surge quando não estamos esperando?

"Beleza, entendi. Como eu trieno isso?"

O melhor jeito é treinar enfrentando outros jogadores, seja offline ou online.

"Ah, mas aqui na minha cidade não conheço ninguém que joga e tenho pouco tempo pra jogar online"

"Não priemos cânico!" Existe uma outra forma de INICIAR esse tipo de treino. Muito jogador mais avançado torce o nariz quando ouve falar disso, mas é melhor do que nada: jogar contra a CPU no nível mais difícil que o jogo permitir.

Sim, treinar durante longos períodos contra a CPU (ou máquina) pode nos deixar "viciados nos vícios dela". Exemplo básico: Quer treinar antiaéreos (seja com golpe normal ou especial)? Jogue contra o Guile no USF4. À média distância ao "ver" o teu hadouken, o Guile vai pular na tua direção, não tem erro. Jóia pra saber se aquele golpe que tu queres treinar/testar funciona; pra tu acertares o tempo de apertar o botão, etc. Porém tu corres o risco de ficar viciado no timing que a CPU reage ao teu hadouken e COMO ela reage. Contra adversários humanos, usando o mesmo personagem (Guile, no caso), o resultado poderá ser bem diferente e às vezes até desastroso. Então... CUIDADO.

Costumo usar a CPU como "sparring" quando quero fazer alguns treinos básicos contra um certo personagem, mas não tenho algum amigo disponível que jogue bem com ele. Então serve para eu ver se consigo reagir a tempo quando defendo certos golpes do personagem. Também faço isso pra tentar descobrir em que situações posso acabar deixando brecha para o adversário "farofar" um reversal ou ultra. 

Como? Nas opções de treino deixe as barras de super e ultra sempre no máximo. Então tente executar algum combo na CPU. Com alguns personagens, tão logo ela detecte uma brecha, ela manda um Super ou Ultra.

Mas, como já disse, a CPU é previsível. Depois de um certo tempo jogando contra ela, já sabemos como ela vai se comportar dependendo do que fizermos. Quando já estiver conseguindo prever o que a CPU vai fazer, está na hora de parar esse treino.

"Feeitooooo! Já faço aquele combão, já sei punir quando a brecha aparece e minha reação parece estar boa. Diz pra mim que eu sou o mais foda do universo, vai."

Not really!

4- Criar janelas de oportunidade e Mind Game

Tem muitos caras NINJAS EM EXECUÇÃO. Aqueles que se conseguem acertar o primeiro golpe, te fazem dar tchauzinho pra 50 a 60% de life. Parabéns pra eles!

Mas... e quando o adversário não dá pra eles a brecha mágica que eles precisam pra encaixar esse combo maravilhoso, como fica? Eu diria que sou um jogador mediano, mas já ganhei de caras muito bons em execução simplesmente porque a janela que eles precisavam pra meter aquele combo mavioso não surgiu. Ou surgiu mas eles não estavam preparados para usar.

Aqui entra a malícia, a manha, os jogos mentais (mind game) e o footsie. Lamento, mas esse é o tipo de técnica/manha que dependemos de um ser humano para treinar. Aqui o jeito é jogar offline/online, de preferência com as mais diversas pessoas. Isso porque, assim como treinar muito tempo contra a CPU nos leva a sacar como ela vai reagir, jogar muito, muito tempo contra uma mesma pessoa pode nos levar a essa mesma situação (e vice versa).

E aqui não tem muita dica a ser dada, mas vou arriscar:

  • tente ser imprevisível. Se o adversário não sabe o que esperar de ti, fica mais difícil ele se preparar ou reagir
  • tente forçá-lo a errar. Finja que ficou previsível, que vai executar de novo aquele golpe que ele sabe punir, mas no último instante ande para trás ou defenda. Se ele tentou punir algo que tu não fizeste, agora é ele quem está aberto para punição.
  • ou seja, crie as situações para poder usar aquele combão super gostoso que tu sabes executar 30x sem errar :P

Bom, acho que agora é ir treinar né, pois a "fodelidade" só vem com muito treino e dedicação ;)

Deixe seus comentários, críticas, sujestões


P.S. - Sim, amiguinhos, essas dicas deverão seguir valendo no Street Fighter V

2 comments:

Daniel Barbosa said...

Legal, Yucatan
TEnho feito assim, Solto um raduken desse lado, acerto, então vou para o outro lado e também acerto, então volto e agora solto 2 radukens... e assim vou aumentando.

The Zuera said...

Putz Daniel, em primeiro lugar, desculpe por não ter visto o teu comentário mais cedo. Só hoje liberei a publicação aqui no blog. My bad.

Acho que esse teu método também serve. O negócio é achar um método e ritmo de treinamento que não seja muito cansativo e que dê resultados ;)